Logotipo Seja Indenizado

23 de novembro de 2019

Fui parado na imigração. E agora?

A ideia deste artigo surgiu por conta de uma experiência real. Eu estou no México há 3 dias e na entrada, me pararam na imigração. O que os levou a me escolher, não sei, mas tenho algumas pistas.

A policial me perguntou qual era minha profissão e quanto tempo iria ficar. Respondi. O problema, ao meu ver, é que irei ficar mais de um mês, e só tenho passagem de ida e volta, não tenho hotel, pois estou na casa de uma amiga.

Eles estranharam um advogado viajando tanto tempo no México a turismo. E isso fui confirmar mais tarde. 
Me levaram para uma sala onde pediram que eu não mexesse no celular e preenche um formulário com dados da minha estadia. Pronto, preenchi. Na sala também havia outra família de brasileiros, com uma filha que iria para o campeonato latino americano de miss. 

Uma família venezuelana com família pequena, e dois chineses. Parece que estavam atrás de traficantes de crianças, mas nunca se sabe. 

Duas horas depois, fui chamado para uma entrevista. Outra policial que falou comigo desta vez. Me perguntou o motivo da viagem, qual era minha profissão, se já tinha viajado muito, visitado o México, etc. 

Quando mostrei minha carteira da OAB, consegui até notar o esboço de um sorriso da policial. Sentiu segurança que minhas palavras eram verdade e não iria me enviar de volta para o Brasil. 

Foi tenso. Ainda na saída me revistaram a mochila e o policial me perguntou como iria ficar tanto tempo no México sem trabalhar. Eis que expliquei a situação do mundo atual: há pessoas que podem trabalhar de onde querem, até mesmo com o celular, o que estou fazendo no momento. 

O que fazer para evitar estes problemas? 

Documente e imprima todos os papéis de sua viagem. Passagens, seguro de saúde, estadia de hotel, conversas que comprovem que vai ficar na casa de alguém, que irá encontrar amigos, ou seja lá o que fazer.

Fora isso, não há muito o que fazer, exceto ser gentil e simpático. Os países têm o poder de negar a entrada de qualquer um e não precisam ter um motivo real, basta que não acreditem que você está lá pelo motivo que alega.

Pensando nisso, nós da Direito No Ar, disponilizamos advogados para que você fale com um advogado na hora do problema e saiba como proceder.

Além disso, se houver algum problema com seu voo, fale com os advogados que resolvemos tudo. 

Comente aqui!

Nenhum comentário feito ainda 😞
Seja o primeiro a comentar!